Amigos seguidores..

segunda-feira, maio 09, 2011

5

Mãe e suas renúncias...


MÃE, palavra que amplifica o significado de MULHER, pois não se pode definir MÃE por ser MULHER, mas se pode definir MULHER por MÃE.

Este texto lindo que achei na net, um texto realista que diz com verdade tudo que uma mulher renuncia por um filho, e veio muito a calhar no  momento em que venho passando, vou explicar melhor.
Em março deste ano fiz um concurso para um cargo que sempre quis, no serviço público aqui da minha cidade, pois passei, em primeiro lugar, fui chamada, mas ao ver a data de início do trabalho, a carga horária, que começaria esse mês ainda.. pensei bem e decidi abdicar do cargo, por amor a minha filha..(Pasmem as feministas). . mas  tentei por 4 anos engravidar, ter um filho era o que eu queria, e Deus me concedeu essa graça, e para poder trabalhar fora teria que deixá-la com alguém, a Brenda tem apenas 1 mês e 6 dias, mama no peito, coisa que não quero parar, seria difícil pra mim, sair pra trabalhar e deixar ela aos cuidados de outrem, então desisti do trabalho por ela, para me dedicar a ela, dar todo me amor, todo o meu carinho e atenção a ela, com apoio de meu marido que amo tanto, eu Caciani renuniciei ao trabalho por amor a minha filha...e não me arrependo..ela vale mais que qualquer cifra a mais ...

A verdadeira mãe transcende os limites e as barreiras do amor, arrisca a sua vida em detrimento da vida do seu feto, perde mesmo que de maneira temporal, a vaidade do corpo esbelto e de formas perfeitas, para acolher em seu ventre a semente da vida, desprende-se do seu orgulho natural e benéfico de ser esposa, companheira e amiga do seu marido, para se submeter a nove longos meses de uma gestão que lhe provoca centenas de transformações, no como andar, como comer, como dormir, como sentar, como se levantar, como se comportar emocionalmente e principalmente, como dividir a sua vida com outra vida que lhe tem como ninho e aconchego
Ser MÃE é ter e dar tanto AMOR que até os mais próximos dela, começam a sentir ciúmes dos cuidados com o seu broto ainda intra-uterino, acaricia sua barriga, protege-a dos impactos que por ventura possam ocorrer, muitas das vezes oferecendo parte do seu corpo para o choque, evitando que ocorra diretamente onde ele guarda seu novo rebento.Fala com ele como se o mesmo pudesse ouvir, mas o líquido protetor do bebê não permite tanta propagação do som como antes pensávamos, mesmo assim ela insiste em dizer que sua voz acalma a sua mais preciosa obra.         
 Ser MÃE é RENUNCIAR para o resto de sua vida o seu egoísmo, tão próprio do “homem”, pois para ela, antes dela o seu filho. Este verbo tão é fácil de se conjugar e tão difícil de se praticar, e ao mesmo tempo é tão presente na vida das Sras. MÃES.
É RENUNCIAR ao seu sono tranqüilo, mesmo nas noites mais frias do inverno ou nas intempéries das chuvas fora de época, para ninar o seu rebento que nem sempre dorme tranqüilo, e, quando isso acontece só a mão acolhedora e a voz doce da sua MÃE lhe acalma o coração. 
É RENUNCIAR o seu descanso diuturno para proteger ou promover o descanso do seu novo sonho real. 
É RENUNCIAR ao seu horário de se alimentar para sempre faze-lo após atender ao seu filho. RENUNCIAR, enfim, a tudo que lhe era normal antes do nascimento do seu novo projeto de vida para atender unicamente àquele que mesmo antes de qualquer contato com o mundo já percebeu quem é a sua fonte de vida, a sua MÃE. É a pratica ininterrupta da DOAÇÃO, pois só a MÃE não se cansa de doar a sua vida para o seu filho, pois não consegue ver nele em tempo algum, a imagem de um homem ou de uma mulher, mas sempre o SEU FILHO OU A SUA FILHA, ela acompanha todos os passos de nossas vidas, quem sabe por isso não nos veja crescer e nos trate sempre de forma carinhosa e protetora que todos nós gostamos de receber.
A MÃE simboliza a maior prova de AMOR DIVINO, pois nos AMA desde quando nascemos, finge RENUNCIAR a nós quando nos casamos, e nos recebe de volta sem nunca questionar o prazo da garantia, a nossa idade para ela nunca muda, somos e sempre seremos o fruto do seu AMOR; VERDADEIRO AMOR. 

5 comentários:

Nil Lima da Silva disse...

Caci você fez bem, esse momento da sua filhinha pequena é muito importante pra vocês duas... as oportunidades de trabalho voltam em um outro momento; mas esse tempo de agora com seu bebe vai passar tão rápido que se você perdesse não ia recuperar nunca...
Parabens pela decisão.

Nikita Roraima disse...

Tem selinho dedicado à você nessa postagem. Tenha um bom dia mãe dedicada e maravilhosa!!!
http://coisinhasdenikita.blogspot.com/2011/05/selinho.html
Bjokitas

Blog da Deisi disse...

Oii kerida kero convidar vc a visitar o Blog "Grazieli e Deisiele" (grazieliedeisiele.blogspot.com ficaremos muuito feliz em t vr lá!! Mil Bjinhus e um Feliz dia das Mães (atrasadinho...rsrs) Deus Abençoe flor!!

Nikita Roraima disse...

Caci eu fico muito feliz com sua alegria em ser mãe. Tenha um ótimo dia e final de semana iluminado.

Celamar Maione disse...

Linda foto !!
Parabéns.

beijão