Amigos seguidores..

terça-feira, julho 19, 2011

3

Chupeta ou dedo???

Estou passando por esta fase, quer dizer minha filha a Brenda, ela chupa no dedo, bem se pudesse colocava  a mão inteira na boca, ela naum pegou a chupeta, se bem que eu nem queria, mas ouvi muitos comentários do tipo: " ela tem que chupar na chupeta é bem melhor, ela fica mais calma....e etc", mesmo assim tentei mas ela naum quis, tbm achei melhor, pq sei qdo ela está com fome e dou o peito, se chupasse a tal chupeta, iria se enganar só chupando aqla borracha sem gosto..hehehe, sendo asism encontrei um texto sobre esse assunto:


Os bebês usam a sucção para se acalmar. O hábito vem desde o útero materno --há até quem consiga ver o filho chupando o dedo durante um ultra-som na gravidez --, e é a forma como muitas crianças lidam com a tensão. 
Há muitas vantagem em deixar o bebê chupar o dedo em vez de usar uma chupeta: os dedos estão sempre disponíveis, não caem no chão, não são presos de forma potencialmente perigosa à roupa da criança e estão sempre sob o controle dela. 
É um hábito que geralmente vai embora sozinho quando a criança desenvolve outras formas de se confortar, por volta de 4 ou 5 anos, embora muitas delas acabem chupando o dedo à noite ou em situações de mais ansiedade ou estresse por anos a fio. 
Se seu filho chora muito e demonstra ser mais "sugador", a chupeta também pode ser uma maneira eficiente de acalmá-lo e de dar um respiro para toda a família. Saiba, contudo, que há uma ligação entre o uso frequente de chupeta e a ocorrência de otites. Acredita-se que a sucção da chupeta eleve a chances de uma infecção migrar da boca para a tuba auditiva (trompa de Eustáquio). Para minimizar os riscos, tente limitar o uso da chupeta, como, por exemplo, só oferecendo-a na hora de dormir. 
E é também neste momento que a chupeta é apontada por algumas pesquisas como um fator que ajuda a prevenir a síndrome da morte súbita infantil (SIDS, na sigla em inglês), uma condição ainda inexplicável que leva à morte de bebê menores de 1 ano. Mas não se preocupe se seu filho não gosta de chupeta e não vá forçá-lo a chupar só por causa da possível relação no caso da síndrome. Tranquilize-se e leia nosso artigo com dicas de como proteger o seu bebê
Se você estiver dando de mamar, é melhor esperar o bebê completar pelo menos 1 mês antes de oferecer a chupeta, já que seu uso cedo demais pode interferir no aleitamento materno. 
Alguns especialistas acreditam que a chupeta pode confundir o bebê que mama no peito e dificultar a "pega" correta. Outro problema apontado por quem é contra a chupeta é que o tempo com ela na boca reduziria o tempo que a criança pode passar no peito, comprometendo a produção do leite. 
Recomenda-se começar a desacostumar os bebês da chupeta por volta de 1 ano, para evitar problemas com a dentição. Na verdade, chupar o dedo também podeafetar o crescimento e o desenvolvimento dos dentes , mas alguns especialistas acreditam que a chupeta possa, ainda por cima, interferir no desenvolvimento da fala. Não tente acabar com o hábito na marra, porque, até que a criança esteja pronta para isso, as chances de sucesso não são lá muito altas, e vocês dois podem acabar se frustrando. 
Se decidir restringir o uso da chupeta, experimente oferecer um "paninho" de tecido macio ou algum brinquedo mais mole para substituir a sensação reconfortante que a criança obtém com ela.

Daphne Metland

3 comentários:

Flavia disse...

OI,

seu blog já está linkado no MMqD!
benvinda e volte sempre!

bjs

Nil Lima da Silva disse...

Oi Caci, que lindo você descobrindo aos poucos a arte da maternidade e seus pequenos dilemas diarios, que pra alguns se resolvem tão rapidamente e pra outros é uma guerra danada essas coisas de dedos, chupetas, e tudo mais.
Você tá uma mãe nota dez.
Um abraço e bom final de semana para você e para Brenda.

gabriela disse...

meu baby usa chupeta qdo tá muito estressado (agora, por exemplo.rs). no final das contas achei melhor que a mão. pelo menos é mais fácil de tirar a chupeta que arrancar a mão depois. rs.
olha, foi num momento de desespero, pq tentei de tudo para acalmá-lo e não conseguia. sempre disse que não cairia em tentação, mas affff...

bjbjbj

http://maeporacaso.spaceblog.com.br/